Como funciona a previdência privada?

Nos últimos meses, muito se falou sobre a previdência privada, principalmente depois das últimas mudanças nas regras da previdência social.

Ao fazer uma análise sobre a previdência privada e o INSS, notamos boas vantagens para quem escolhe a opção que não depende do governo.

Segundo dados do Ministério da Economia, em 2019, o rombo no INSS subiu de R$ 194,3 bilhões, em 2018, para R$ 213,3 bilhões em 2019 (alta de 9,8%). Nesse cenário, o governo acaba diminuindo sua arrecadação, enquanto o número de aposentados só aumenta e, por fim, corre-se o risco de não pagar àqueles que possuem direito a uma aposentadoria.

Mas, já que o INSS está passando por dias difíceis, como a previdência privada pode ajudar a garantir um futuro mais tranquilo para nossas famílias? Por quais razões você deveria fazer uma agora mesmo? E, afinal, como funciona? Vamos tentar explicar com mais detalhes a seguir.

O que é e como funciona a previdência privada

A previdência privada é uma aposentadoria que não está ligada ao Instituto Nacional do Seguro Social, sendo oferecida por empresas, corretoras ou bancos. É perfeita para compor uma renda extra, servindo como um reforço para a aposentadoria fornecida pelo governo.

A previdência privada pode ser fechada, que geralmente são fundos de pensão oferecidos por empresas como benefício para seus funcionários, gerenciados por meio de uma fundação criada para este fim.

Muitas vezes, a empresa patrocinadora do fundo contribui para a aposentadoria dos cotistas, com uma quantia que pode chegar a 100% do valor do aporte de cada empregado.

Já os planos abertos são aqueles comercializados por corretoras e bancos para qualquer pessoa. Ao aderir a um plano de previdência, o beneficiário entra em uma espécie de poupança periódica, geralmente com aportes mensais, visando juntar recursos para receber, ao final do período contratado, seus rendimentos de uma vez só ou sob forma de uma renda mensal, assim como a aposentadoria comum.

como funciona a previdência privada

Tipos de previdência privada: PGBL X VGBL

Essas siglas se referem a duas modalidades possíveis de previdência privada:

  • PGBL: É o Plano Gerador de Benefícios Livres. Este tipo de previdência é indicado para quem faz declaração de imposto de renda completa anualmente. Nessa modalidade, o valor que você deposita todos os meses pode ser deduzido da sua declaração, aumentando sua restituição no imposto de renda.
  • VGBL: O “Vida Gerador de Benefícios Livres” costuma ser sugerido para quem não faz declaração de imposto de renda ou faz apenas a simplificada. A vantagem é que o desconto do imposto é feito apenas no final do contrato, no momento de resgatar os seus rendimentos. Não é feito desconto enquanto você está pagando as parcelas, apenas um pagamento único de acordo com os rendimentos recebidos.

Por que fazer uma previdência privada é vantajoso? 

Fazer uma previdência privada é uma forma de incorporar mais valor a sua aposentadoria. Isso, porque você pode optar por fazer uma previdência privada onde o resgate é feito mensalmente, como um salário, para manter seu estilo e padrão de vida no futuro. E pode servir como um complemento para a sua aposentadoria.

Apostar na previdência privada também é fazer um investimento. De acordo com o plano escolhido, seja de caráter mais conservador ou mais arriscado, os seus investimentos são administrados por gestores financeiros especializados, a fim de gerar mais lucros. 

Ou seja, fazer uma previdência privada é uma forma de manter o seu capital seguro, rentável, e preparar você e sua família para um futuro tranquilo.

É preciso ressaltar também, que em casos de transmissão de patrimônios, como herança para familiares, não são necessários processos burocráticos com inventários. 

Como contratar?

Entender tudo que envolve o rombo do INSS, os tipos de previdência privada e etc pode parecer complicado. Mas contratar uma para garantir o futuro da sua família é muito fácil.Basta entrar em contato com nossos consultores especializados. Eles podem fazer uma análise do seu perfil e recomendar o melhor tipo de previdência para você, pensando sempre em garantir uma aposentadoria farta e tranquila.

como funciona a previdência privada