Fique por dentro do valor de previdência privada

Investir em previdência privada está sendo cada vez mais vantajoso e uma opção bastante procurada por aqueles que não querem ficar reféns das volatilidades da previdência social.

Este tipo de investimento pode salvar sua renda no futuro, visto que ele não é regido pelo poder público,  possuindo diversas opções de modalidades, planos e empresas que fornecem esse tipo de serviço, o que o torna muito mais seguro e vantajoso.

Como funciona a previdência privada?

A previdência privada é uma excelente opção para garantir sua renda futura, pois é semelhante a um fundo de investimento, no qual o capital permanece investido por um longo período e é gerido por especialistas no mercado financeiro. Eles definem onde serão alocados os recursos, buscando sempre a melhor rentabilidade de acordo com o plano contratado.

Nos planos mais conservadores, por exemplo, o dinheiro é alocado em títulos públicos e outros ativos de renda fixa atrelados à Selic, que garantem baixo risco e garantia de rentabilidade maior que a poupança.

Há outros mais agressivos, em que a maior parte é aplicada em ações, dando a possibilidade de receber ganhos altos, porém com certo risco.

Ao contrário da Previdência Pública, que pode sofrer com as volatilidades da economia e da política, a Previdência Privada traz uma garantia maior para o futuro da sua família.

Qual valor do rendimento da previdência privada?

A previdência privada funciona como um plano de investimento, como CDB, CDI, Ações, tendo um rendimento variável de acordo com o montante investido, o tipo de produto escolhido, dentre outros fatores.

Por isso, é necessário que você faça uma avaliação criteriosa das opções disponíveis nas diversas seguradoras, bancos e outras instituições financeiras que oferecem este tipo de produto.

Em geral, a previdência privada costuma ser mais rentável do que a poupança e a previdência social. Alguns fundos de investimento em previdência privada alocam o dinheiro em produtos de médio e alto risco, semelhantes a ações, isso pode gerar um retorno alto.

Além disso, você precisa ficar atento às taxas que podem ser cobradas por algumas empresas: 

  • taxa de custódia, 
  • taxa de carregamento de entrada, 
  • taxa de carregamento de saída, 
  • taxa de administração.

Também precisa ficar atento ao imposto de renda que será cobrado, que pode variar de acordo com o tipo de tributação que você escolherá:

Seguindo a tabela progressiva

É a mesma utilizada na tributação do salário. Ela aumenta conforme o valor que você recebe mensalmente. A alíquota será de:

• 7,5% para renda mensal de R$1.903,99 a R$2.826,65;

• 15% para renda mensal entre R$ 2.826,66 e R$3.751,05;

• 22,5% para renda mensal entre R$3.751,06 e R$4.664,68;

• 27,5% para renda mensal acima de R$4.664,68.

No momento do resgate, a tributação aplicada é de 15%, e qualquer ajuste deve ser realizado na declaração anual do Imposto de Renda.

Seguindo a tabela Regressiva

Essa é uma tabela voltada para investimentos. A alíquota inicia no patamar mais alto e vai reduzindo, conforme o tipo de aplicação. Veja quanto fica o desconto:

• até 2 anos — 35%;

• de 2 a 4 anos — 30%;

• de 4 a 6 anos — 25%;

• de 6 a 8 anos — 20%;

• de 8 a 10 anos — 15%;

• acima de 10 anos — 10%.

VGBL ou PGBL

Além do tipo de tributação, é possível escolher o plano de previdência que se encaixa melhor em suas necessidades: PGBL e VGBL. Em um artigo anterior, explicamos qual o modelo ideal para você.

Resumidamente, funciona assim:

No VGBL, o Imposto de Renda incide somente sobre a rentabilidade conquistada. Já no PGBL, essa incidência ocorre sobre o total que será resgatado. Porém, no PGBL, você pode ter seus aportes abatidos do Imposto de Renda, limitado a 12% da sua renda anual.

Além disso, você só pode optar por um PGBL se você tiver realizado uma declaração completa, de maneira a realizar os abatimentos do IR.

Garanta uma previdência privada para o seu futuro

Se você está preocupado em garantir um futuro melhor, precisa começar a pensar o quanto antes em criar uma reserva financeira para imprevistos. Afinal, com o cenário atual, não dá pra perder tempo (nem dinheiro) com gastos desnecessários ou investimentos incertos.

Se você ainda tem dúvidas de como fazer uma previdência privada, disponibilizamos gratuitamente um material muito prático para você ficar por dentro de tudo sobre a previdência privada. 

E também não deixe de falar com nossos consultores especializados. Eles poderão analisar suas necessidades e encontrar as melhores soluções para garantir um futuro tranquilo para você e aqueles que ama.